Canivete Victorinox Classic - Vale a pena?

Atualizado: Jul 24

Um dos mantras do montanhismo ultraleve é a "dupla função": um equipamento que faz a função de vários. Normalmente isso está relacionado com a redução de peso da mochila. Mas... e se existem alternativas individuais que são melhores, mais baratas e mais leves? Bom, nesse caso, eu fico com a opção mais barata, melhor e mais leve, obviamente. Essa discussão foi publicada originalmente no canal Graxaim Congelado no formato de vídeo, conforme apresentado abaixo, e é o mesmo conteúdo apresentado a seguir nesse artigo.



Esse canivete victorinox sempre foi a minha opção favorita para montanhismo por causa das suas diferentes funcionalidades. A tesoura e a pinça eram parte do meu kit de primeiros socorros, enquanto que, a lâmina servia para abrir embalagens e cortar comida e corda. Mas... algumas coisas nele me incomodavam e foram o motivo de eu resolver não usar mais.


O primeiro motivo foi o fato de todos esses itens estarem juntos em um único equipamento, como eu sempre deixo a faca com fácil acesso, as chances de perder ou deixar cair eram maiores, e eu não gostaria de perder itens que fazem parte do meu kit de primeiros socorros. Itens de emergência devem ser independentes, sempre que possível.


O segundo motivo é que nem um dos três itens são realmente bons, a tesoura é ruim de manusear, a pinça é pequena e pouco precisa e a lâmina é super pequena. Sem contar os outros itens inúteis pra mim como a lixa de unhas e o palito de dentes.


O terceiro motivo foi que eu sempre ficava dependente desse canivete, se eu quisesse usar uma faca maior, eu ainda assim precisava levar esse canivete para usar a tesoura e a pinça no meu kit de primeiros socorros.


O quarto motivo foi o fato de eu ter encontrado alternativas independentes para essas funções que são mais leves, mais baratas e melhores, como mostrarei a seguir.


Alternativas para substituir o canivete victorinox


A pinça eu substitui por uma independente mais resistente e precisa em titânio e que pesa menos de 2 gramas, excelente para retirar um eventual espinho ou lasca, entre outros muitos usos.


Pinça melhor, mais leve e mais resistente


A tesoura eu substituí por uma com abertura grande para os dedos que permite cortar alguma bandagem ou até mesmo uma roupa com precisão muito maior, a tesoura do canivete, apesar de afiada, é menos prática para manusear.


Usar dois equipamentos independentes para essas funções garante que ambos vão estar sempre limpos e higienizados dentro do kit de primeiros socorros para uma eventual necessidade. Meu canivete costuma estar sempre engordurado e sujo de comida.


Tesoura de mesmo tamanho, independente e muito melhor de manusear


Ter uma lâmina afiada é algo que sempre pode ser útil, não se engane que é preciso levar uma daquelas facas grandes e afiadas dos canais sobrevivência para um trekking ou travessia, qualquer coisa afiada servirá, por isso, eu optei por substituir a minha por essa simples lâmina de aço, ela é maior que a anterior e melhor de manusear. Apesar de aparentar, ela não tem nada de frágil, pois foi projetada para uso militar.


Lâmina buscada para substituir o canivete


Esse três itens juntos pesam só 14 gramas, são mais leves, melhores e mais baratos que o caro canivete victorinox (que custa em torno de 190 reais no Brasil), além da independência desses equipamentos. Essa configuração permite que eu mantenha meu kit de primeiro socorros inalterado caso eu queira levar uma faca maior para alguma outra atividade.


Se gostaram desse vídeo, lembrem de se inscrever e seguir o canal nas mídias sociais, obrigado.

81 visualizações

© 2020 por Graxaim Congelado.